Weg-Day 2019

Weg-Day 2019

13 de dezembro de 2019

E aí Investidor, no dia 05 de Dezembro de 2019, tivemos o privilégio de participar do evento para investidores realizado pela empresa Weg, um dos maiores players globais fabricantes de motores de alta e baixa tensão.

O evento foi muito produtivo, além da sinergia entre os convidados, aprender sobre o processo de linha de montagem dos motores e de outros produtos é muito satisfatório, confirma todo estudo feito sobre e empresa até então.

Antes de falar sobre o evento e minha percepção sobre o acontecimento gostaria de passar um breve resumo da empresa.

Resumo

A empresa nasceu em 1961, em Jaraguá do Sul/SC. Os fundadores são um eletricista, um administrador e um mecânico, Werner Ricardo Voigt, Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus, (WEG); na época, a empresa se chamava Eletromotores Jaraguá.

Iniciou produzindo motores elétricos; após a década de 80, começando com a produção de componentes eletroeletrônicos, produtos para automação industrial, transformadores de força e distribuição além de tintas líquida e em pó e vernizes eletro isolantes.

Primeiros motores fabricado. Fonte: Museu Weg

Em 1999, a empresa já exportava 29% de produção para 55 países. Em 2012, forneceu os primeiros equipamentos em geração de energia eólica, com capacidade de 90 MW, que foram instalados em parque eólico do Nordeste.

Em 2018, 37% da receita operacional líquida (ROL) na Unidade Energia, foi de aerogeradores. Hoje, em Jaraguá do Sul (SC), a WEG é dona da maior planta industrial para motores de baixa tensão no mundo.

Em 2019 a receita oriunda do exterior ultrapassou os 50%, informações extraídas do release do último trimestre (3t2019).

Apresentação WegDay

Chegando a sede da empresa fomos recepcionados com um café da manhã tradicional, logo em seguida direcionados para o teatro de apresentações. Ali começou apresentação de um breve histórico da empresa e também de seus produtos de maior relevância.

O primeiro a palestrar foi o diretor de relacionamento com investidor. Após o breve histórico apresentado ele começou a falar de como funciona a sinergia da Weg com seus clientes da área de GTD (Geração, Transmissão e Distribuição) onde tem todo um processo de integralização com colaboradores que preparam o cliente para anunciar projetos e com isso a empresa passa a executar o plano projetado entre cliente e colaborador (integralizado).

Fonte: Release Weg-Day

Segmento de Mercado

Atualmente a empresa fornece para clientes de três fortes segmentos globais: Petróleo, Mineração e Saneamento.

Fonte: Release Weg-Day

Petróleo

Tudo começou com o fornecimento de produtos para a Petrobras, com o setor em expansão, a demanda começou a aumentar.

A partir da exploração de outras empresas nas bacias de petróleo do Brasil, a Weg inicia a conquista de novos clientes, mas para poder ter acesso e se aproximar desses novos clientes precisou fazer aquisições estratégicas de empresas no seu portfólio, principalmente nos EUA.

Hoje a Weg é fornecedora de grandes players globais no setor, detre eles: Chevron, ExxonMobil.

Fonte: Release Weg-Day

O fornecimento de materiais para a nova refinaria em Omã, é de grande sucesso no exterior. A refinaria é uma das maiores do mundo. O projeto está sendo acabado com uma previsão de iniciar as atividades até o final de 2021

Fonte: Release Weg-Day

Mineração

Assim como no setor petrolífero, a Weg precisou se aproximar de grandes player globais de mineração através de aquisições de empresas para poder regularizar e fornecer material específico para o setor.

A estratégia foi partir para Austrália e Canadá com isso ficar próximo dos maiores players globais.

Hoje a Weg tem clientes em todo mundo neste setor, os principais: Vale, Bhp e Rio tinto.

Fonte: Release Weg-Day

A demanda pelo minério vem crescendo devido a nova tendência de mobilidade elétrica.

Países como a Alemanha já anunciaram que até 2030 pretende renovar toda frota de veículos que circulam hoje por novos movidos a eletricidade, e com isso reduzir consideravelmente a emissão de CO2.

Um dos casos de sucesso neste segmento, foi o projeto no Emirados Árabes

Fonte: Release Weg-Day

Demandas por metais usados como base para baterias, impulsionada pela mobilidade elétrica e armazenamento de energia, pode atingir U$ 450 bilhões de CAPEX até 2030.

Fonte: Global DataMining – Q2/2019

Saneamento

A Weg se destaca nesse setor por fornecer motores para bombas de subestação de tratamento e esgoto em todo mundo. A Inglaterra é um dos países que a empresa mais fornece material.

Fonte: Release Weg-Day

Também está sendo requisitada pelos estados e municípios nos EUA participando de concessões e leilões para ser o fornecedor de novos projetos locais.

Um dos grandes projetos executados atualmente foi no Chile com produtos específicos que trabalham impulsionando as bombas.

Fonte: Release Weg-Day

Na Europa existe um Hub de estudos para viabilizar grandes projetos de saneamento a nível global, situado na Espanha. A Weg se posiciona estrategicamente para aproveitar esses projetos e trazer soluções como parceiro e viabilizar todo fornecimento necessário para cada estudo.

Fonte: Release Weg-Day

Gostaria de conversar com pessoas que entendem de investimento e como compreender as perspectivas das empresas? Clique aqui e tenha acesso ao grupo fechado 500Pratas.

 

Papel & Celulose

Com a expansão do setor no Brasil, principalmente por investimentos de alto Capex como projeto Puma 2 da Klabin, a Weg já corre na frente fornecendo todo material necessário.

Brasil

Com a recente queda dos juros, as empresas começaram a investir em expansão e com isso já estamos vendo um capex maior disponível. A Weg está preparada para aproveitar um momento onde teremos muito crescimento principalmente setor de saneamento, petróleo e mineração. Tem um setor que a empresa ainda não conseguiu bons resultados mas que já começa a aparecer grandes investimentos no cenário nacional que é o setor elétrico.

Energias renováveis estão vindo com força, principalmente energia eólica e solar. o GTD (geração, transmissão e distribuição) apresentou queda na receitas da empresa nos últimos nove meses, com este setor voltando a crescer a Weg se beneficia naturalmente pois tem todos produtos e materiais para fornecimento do setor.

Empresas como Sanepar já anunciaram grandes investimentos principalmente para esgotos para os próximos anos.

Fonte RI – Sanepar

Ambev anunciou investimentos para renovar toda sua frota de caminhões para mobilidade elétrica em parceria com a Volkswagen/Weg, já começaram as produções de painéis e motores elétrico para o pedido de 1600 Caminhões elétricos. Se trata de um projeto ambicioso e caro, mas se der certo, será disruptivo e os custos e despesas irá diminuir significativamente, com isso as margens tendem a melhorar.

Perguntas

Logo após apresentação o diretor abriu espaço de tempo para perguntas.

Uma delas foi sobre investimentos no exterior. A Weg conseguiu detectar uma forte demanda de Capex por empresas do exterior sendo um capital disponível muito maior que as empresas nacionais e com isso a empresa se posicionou em locais estratégicos para “surfar essa onda”.

Nitidamente é possível ver isso nos dados histórico da receita

Fonte: Release Weg-Day

Nos últimos quatro anos a receita oriunda do exterior ficou acima dos 50%, com um câmbio favorável a empresa se destacou e ao mesmo tempo se protegeu para o cenário ruim que o Brasil viveu nos últimos anos.

Outro questionamento foi sobre verticalização no setor eólico. A weg não é focada no setor mas tem produtos viabilizados para fabricação, porém, espera a demanda aumentar.

Fonte: Release Weg-Day

Sobre fabricação de baterias para mobilidade elétrica, a empresa fez estudos e chegou a conclusão que não é viável verticalizar e sim terceirizar.

Questionaram sobre de onde vem o faturamento, setor público ou privado? – A resposta foi que, no exterior está sendo maior parcela oriunda do privado, e no brasil vem do público, principalmente Petrobras e empresas do setor saneamento e elétrico.

Outro ponto citado, foi que a estratégia global vem diminuindo o tempo no portfólio de negócios, e a internacionalização da empresa inverteu a receita nos últimos anos, passando ser maior no exterior do que nacional. Isso está muito relacionado aos juros reais negativos em boa parte do mundo, o Brasil agora está passando por um momento de inflexão sobre os juros e com isso pode voltar apresentar fortes investimentos pelas empresas.  Surgem boas expectativas locais.

Fonte: Release Weg-Day

Indústrias 4.0

A Weg hoje está posicionada para fornecer muitos produtos de automação industrial

e com isso fez aquisições de empresas como a V2com, uma empresa de desenvolvimento de software de automação.

No momento  estão sendo viabilizados estudos sobre novos investimentos em BI (business intelligence). Um mercado voltado para indústria de automação em nuvem.

A Weg nomeou esse setor como: Wegnology.

Fonte: Release Weg-Day

Setor Weg-Driver

Depois da apresentação com os diretores, fomos direcionados ao prédio onde a Weg faz montagens de componentes de drive. São peças para automação instaladas em grandes fábricas e indústrias.

A linha de montagem passa por processo entre máquinas e pessoas, interessante que em torno de 80-90% eram colaboradores do sexo feminino, o porque disso é explicado pelo guia que as mulheres têm uma aplicação melhor de manuseio com as peças mais delicadas e com isso são mais eficientes.

Fonte: Release Weg-Day

Para ter uma ideia melhor, os drives são aquelas peças verdes como placas mãe de televisão, rádio, celular e etc. Nobreaks são fabricados e embalados já prontos para o uso.

Além disso existem placas com maior resistência para poder trabalhar com alta frequência, são estressadas ao limite de condução elétrica para avaliar até onde podem ser usadas.

O setor tem uma boa harmonia entre os colaboradores, e alguns diretores não falaram qual a margem deste setor, mas citaram ser uma “boa” margem de ganho financeiro.

Setor Motores

Logo em seguida fomos direcionados para o setor que é o carro chefe da empresa, fabricação dos motores elétrico de alta e baixa tensão.

Neste setor vimos o processo desde montagem dos cabos de cobre até a implementação do rotator do motor. Processo também bastante manual, com alguns investimentos feito esse ano para automatizar e ter melhor eficiência. Este semestre instalaram uma máquina para automatizar o serviço de pintura dos motores, falaram que está sendo muito eficiente a utilização.

O guia informou que a planta está operando com baixa capacidade ociosa nos últimos nove meses, entre 90-95% de capacidade, e que todos estoques e a produção do momento estavam vendidos.

Somente esta planta fábrica 1.100 motores diários. A Weg global está fabricando em torno de 68 mil motores por dia.

O setor também estava com boa harmonia entre os colaboradores.

Expectativas

O mercado começou a precificar o crescimento potencial da empresa. Hoje, 10/12/2019, os múltiplos e indicadores da Weg estão acima da média. Muitos analistas e investidores dizem que está com valuation acima do que deveria estar, ou seja, está caro na avaliação do senso comum..

A empresa sempre foi negociada com múltiplos altos, desde que comecei a investir escuto que a “weg é cara”, mas a gestão sempre entregou resultados acima das expectativas.

Fonte: Plataforma PenseRico

Um ponto que vem chamando atenção é o crescimento da base de investidores, que nos últimos 9 meses saiu de 30 mil para inacreditáveis 102 mil investidores.

Naturalmente com a maior oferta sobre as suas ações o preço tem subido. Uma empresa que entrega resultados sólidos com crescimento anual médio acima de dois dígitos na última década não tem como negociar com multiplus abaixo da média, sempre será acima. Agora vale ao investidor com senso crítico saber analisar se a empresa nos próximos anos irá conseguir manter este ritmo de crescimento.

Fonte: Release Weg-Day

Portanto, com o desenvolvimento e expansão de diversas áreas e setores no brasil, a Weg se posiciona como o principal player que solucionará problemas e fornecerá produtos além de projetos para expansão dessas empresas que estão disponibilizando alto capex.

Sigo igual ao mercado, pagando múltiplos altos por uma empresa que tem um histórico de crescimento acima da média, projetando expectativas de um forte crescimento nacional.

O slogan da empresa é:  “De ponta a ponta na rede elétrica.” Que representa exatamente este quadro abaixo.

Fonte: Release Weg-Day

Recomendo ao investidor que está buscando aprender sobre os negócios das empresas listada em bolsa, ler o “Release Weg-Day” que se encontra disponível no site RI da empresa. O mesmo é uma aula sobre a empresa, seu business e futuros projetos.

Weg é hoje uma das maiores senão a maior empresa com produtos de valor agregado. Fugindo um pouco do que o Brasil é, um país especialista em exportar commodities.

“É melhor comprar uma empresa boa a um preço justo, do que comprar uma empresa justa a um preço bom” – Warren Buffet.

Saimon_Rijo

 

Continue a experiência e assista ao vídeo abaixo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.